Bienal do livro Rio 2019: o que esperar

Imagem da 17ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro (Crédito: Fernando Frazão/Ag Brasil)

A 19ª Bienal Internacional do Livro do Rio de Janeiro está chegando! O evento que acontecerá entre 30 de agosto e 8 de setembro, no Riocentro, terá, como sempre, um cardápio variado, e promete agradar a todos os públicos.

Até o momento, já são oito autores internacionais confirmados – isso porque Josh Malerman, autor do ‘best-seller’ Caixa de Pássaros, cancelou sua vinda ao evento nesta terça-feira (23).

Os convidados estrangeiros vão abordar temas que vão desde a ciência política até a leitura de mentes, caso do primeiro escritor internacional confirmado, o sueco Henrik Fexeus, considerado o maior mentalista do mundo na atualidade.

Além de Henrik, estão confirmados Steven Levitsky, professor de ciência política na Universidade de Harvard e autor de Como as Democracias Morrem, com mais de 35 mil exemplares vendidos no Brasil, pela Editora Zahar; C.J. Tudor, autora do sucesso O Homem de Giz, seu romance de estreia, publicado no Brasil pela Intrínseca;

Mark Manson, autor do sucesso A Sutil Arte de Ligar o F*da-se, sobre a pressão negativa que a perseguição do sucesso e da felicidade exercem sobre os seres humanos;

Rachael Lippincott, autora de A Cinco Passos de Você, que virou filme que faturou mais de US$ 70 milhões em todo o mundo; Marc Levy, que escreveu 14 romances, entre eles A Próxima Vez e E se Fosse Verdade. É o autor francês mais lido do mundo hoje; Lisa Genova, autora de Para Sempre Alice, lançado em 2009 e que já vendeu mais de 150 mil exemplares no Brasil;

E Haemin Sunim que, além de escritor, é um dos mestres de zen budismo mais influentes da Coreia do Sul, seu país de origem.

Homenagem ao Japão


A edição deste ano da Bienal vai homenagear o Japão. Segundo o presidente do SNEL, Marcos da Veiga Pereira, a escolha do Japão como primeiro país asiático homenageado na Bienal é um resgate do caráter internacional do evento. Além disso, Pereira lembra que o país oriental tem uma ligação muito forte com o Brasil: “Aqui está a maior comunidade japonesa do mundo fora do Japão”.

Novidades desta edição

Atendendo a pedidos, o Pavilhão de Atividade Infantil, com editoras especializados em livros infantojuvenis, vai estar localizado logo na entrada.
Depois, vem o Pavilhão Azul, onde acontecerá o Fórum de Educação, cuja programação é voltada para educadores.
Em seguida, estará localizado o Café Literário, que já é uma tradição da Bienal do Rio. O espaço segue com a missão de expandir ideias ao levar para o público o debate de livros com seus autores preferidos, em diversos temas como gastronomia, turismo, autoajuda, filosofia, e outros.
Por fim, o público passará ao pavilhão da Arena Jovem, espaço que pretende continuar tratando de temas atuais, contemporâneos.
No auditório, vão acontecer os encontros com autores celebridades, quando os fãs terão a oportunidade de conseguir um autógrafo ou tirar uma foto.

Bienal do Livro Rio está na 19ª edição batendo recordes de público

A vez das mulheres

Nesta edição, a curadoria cultural da Bienal estará sob o comando de um time feminino: a premiada autora de livros e filmes Rosane Svartman vai responder pela Arena Jovem, e a jornalista Mànya Millen cuidará do Café Literário, espaço tradicional do evento. O trio formado por Martha Ribas, Rona Ranning e Carolina Sanches, do coletivo Ler Conecta, vai se encarregar do Fórum Educação.

Ansioso para a Bienal? Já garantiu o ingresso? A venda antecipada já começou no site oficial. Não esquecer de seguir este blog também no Instagram!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s